Há cinquenta anos o último Angelus antes do encerramento do Vaticano II - O momento é propício para ouvir

POSTADO EM 13 de AGOSTO de 2015

Gostaríamos que o Nosso convite à oração a Maria Santíssima fosse acolhido não só por vós que estais aqui, mas também por quantos Nos ouvem, na Praça de São Pedro e algures, onde quer que este dia de descanso e de alívio seja desfrutado com serenidade de sentimentos e com cordial intimidade de conversas familiares e amigáveis.

O momento é propício para ouvir. E parece-Nos que a festa da Assunção faz descer do céu uma mensagem muito importante. É a mensagem da vida futura à vida presente; uma mensagem cheia de luz e de esperança, mas admoestadora acerca do fim ultraterreno da existência humana. Nós acolheremos esta mensagem e daremos graças a Nossa Senhora que no-la transmite, e que nos recorda como o destino da vida não se encontra fechado no tempo, mas está «além», e que o sentido, o dever principal do nosso caminho no tempo consiste em merecer-nos o Paraíso, onde Ela, Maria, já se encontra na integridade gloriosa do seu ser, de alma e corpo. Grande lição para nós, se nos esquecêssemos da sorte que nos espera além-túmulo; grande consolação para quem deseja o bem, para quantos trabalham com espírito forte e elevado, para quem sofre, espera e reza. Do alto Nossa Senhora olha para nós e fala-nos; quanto a nós, com coração confiante, digamos-lhe: Angelus...

Paulo VI

© Copyright 2018. Desenvolvido por Cúria Online do Brasil