Semana de Oração pela Unidade Cristã 2021 - Pe. José Antônio Boareto

POSTADO EM 24 de Maio de 2021

            Image title


Semana de Oração pela Unidade Cristã 2021

            Com o lema “Permanecei no meu amor e produzireis muitos frutos” retirado do Evangelho de João, Capítulo 15, versículos 5-9, propôs a Semana de Oração pela Unidade Cristã deste ano convocar os cristãos e as cristãs a pedirem ao Espírito a Unidade da Igreja de Cristo.

            Durante esta semana, em nossa Diocese, procuramos oferecer a possibilidade de conhecer diversas lideranças de outras denominações cristãs. Buscamos uma aproximação maior das igrejas pentecostais, representadas pelas pessoas da pastora Elaine e do pastor Edvaldo. Também pudemos conhecer melhor a realidade dos povos indígenas guaranis paulistanos, na pessoa de Olívio Jakupé. E ainda contamos com os líderes religiosos representantes das igrejas-membros do CONIC (Conselho Nacional das Igrejas Cristãs): Dom Sérgio Aparecido Colombo, representante da Igreja Católica Apostólica Romana e Reverendo Enzo Roberto Basílio, representante da Igreja Presbiteriana Unida.

            Na proposta do Evangelho sugerido, fomos convidados a contemplar, Jesus, que é a videira verdadeira e nós os ramos. Reconhecer que só é possível dar fruto se estivermos ligados à videira. E essa videira é o próprio Deus Amor, então, quem está ligado à Ele só pode dar frutos de Amor.

            No empenho ecumênico, se não estamos unidos na mesa da Eucaristia, já podemos unirmo-nos na mesa da Palavra e na mesa dos pobres. São muitas as iniciativas que existem entre católicos e outras denominações cristãs para aprofundar o estudo bíblico e também iniciativas de atividades de solidariedade para com os pobres e excluídos. Este ano, o CONIC convidou-nos a compreender a exigência do Evangelho em relação ao nosso compromisso pela defesa da vida dos povos indígenas e da Amazônia. E considerando as particularidades de nossa realidade, esta semana também foi uma oportunidade para darmos passos significativos no diálogo católico-pentecostal.

            Na liturgia da Solenidade de Pentecostes ouvimos na Sequência: “curai o doente, curai o doente” e de fato, reconhece o Papa Francisco, que nosso mundo já estava doente antes da pandemia. A indiferença é a doença do mundo e o Espírito é quem cura as divisões. Por isso, nesta Semana de Oração pela Unidade Cristã pedimos ao Espírito Santo que gera a Unidade entre nós: curai o doente, curai o doente! Curai as divisões no Corpo de Cristo que é a Igreja. Curai as divisões internas de cada um de nós, em nossas famílias, nos grupos, nas comunidades, e na sociedade.

            Vinde Espírito Santo, e enchei o coração dos vossos fiéis, e acendei neles o fogo do vosso amor! Permaneçamos no seu Amor guardando sua Palavra e testemunhamos ao mundo que Deus nos Ama. Ele nos Salvou redimindo toda humanidade do pecado, e venceu o mal e a morte. Deixemo-nos ser renovados pelo Espírito, que o homem velho e a mulher velha, dê lugar ao homem novo e a mulher nova para uma nova sociedade alicerçada na justiça e na paz.

            De modo particular, abramo-nos à docilidade do Espírito que como doce hóspede da alma envolve-nos em sua Ternura. Acolhamos a “brisa suave” do Consolador em nossas vidas. Em tempos de aflição como o nosso, sejamos consoladores uns dos outros. E creiamos que Cristo continua a atrair os seus discípulos e discípulas, chamando-os à Unidade.



Pe. José Antonio Boareto
Assessor para a Dimensão do Ecumenismo e
Diálogo Inter-religioso da Diocese deBragança Paulista





*Os artigos publicados são de inteira responsabilidade de seus autores. As opiniões neles emitidas não exprimem, necessariamente, o ponto de vista da Diocese de Bragança Paulista.

© Copyright 2021. Desenvolvido por Cúria Online do Brasil